​Aniversário de 13 anos de criação marca encerramento do ano letivo da Escola de Contas do TCE-AM

A manhã desta segunda-feira (12) foi de comemoração no Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM). Treze anos após ter sido fundada, a Escola de Contas Públicas (ECP) realizou, pela primeira vez, o encerramento do ano letivo no mesmo dia do seu aniversário de criação. A solenidade contou com a participação de conselheiros do TCE-AM, representantes do sistema educacional amazonense, além de instrutores e cursistas que participaram ativamente dos cursos, oficinas, seminários e congressos realizados ao longo do ano letivo de 2022.

Ao dar início à solenidade comemorativa, o presidente do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro, agradeceu aos presentes e a todas as pessoas que contribuíram para o desenvolvimento da Escola de Contas.

“É preciso fazer um agradecimento especial por todo o empenho das pessoas que fazem parte da Escola de Contas e que, por esse empenho, permitiram que a nossa escola neste ano tivesse uma intensa agenda de atividades”, disse o presidente do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro, ao relembrar palestras e congressos que tiveram a participação de professores e articulistas de fora do país.

“O ano letivo foi extremamente positivo, tivemos eventos de caráter internacional, professores de universidades estrangeiras falando sobre controle externo e colocando o Tribunal de Contas do Amazonas em um panorama não só nacional, mas internacional de referência em algumas áreas de atuação. Foi interessante também o trabalho que a escola fez com os nossos jurisdicionados com diversos cursos envolvendo  as nossas atividades, portanto é momento de parabenizar a todos pelo esforço em tornar tudo o que foi feito algo possível de ter sido feito”, comentou o conselheiro-presidente do TCE-AM, Érico Desterro.

​​Balanço do ano letivo

Durante o ano letivo, a Escola de Contas Públicas implementou e coordenou 110 atividades pedagógicas, entre cursos, oficinas, seminários, congressos, entre outros. Ao todo, 5.522 certificações foram emitidas após conclusões de atividades pedagógicas para cursistas.

Na avaliação do coordenador da ECP, conselheiro Mario de Mello, o sentimento de toda a equipe da Escola de Contas é de dever cumprido.

“Tivemos muito sucesso durante o ano letivo e  encerramos com muita tranquilidade e sensação de dever cumprido. Já pensando no próximo ano letivo, a expectativa é de mais cursos, inclusive com o nosso MBA, que já é uma realidade, dando ênfase nos cursos presenciais e online. São 13 anos nesse passo de ser o braço pedagógico do Tribunal e tenho certeza que hoje a escola é uma grande referência no Brasil”, destacou o conselheiro-coordenador, Mario de Mello.

Participaram do evento o conselheiro  Júlio Pinheiro e o auditor Luiz Henrique Pereira Mendes, além de procuradores de contas e gestores do TCE-AM.

​​Parceria 

A titular da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Kuka Chaves, ressaltou o papel da ECP no ensino pedagógico e destacou que mais parcerias devem acontecer entre a Seduc e o TCE por meio da Escola de Contas.

“A Escola de Contas do Tribunal de Contas do Amazonas se tornou uma importante ferramenta do ensino, tanto em aspectos específicos e técnicos, mas também como instrumento de cidadania, por meio de programas como o Profac e Ouvidoria Estudantil, no qual também a Seduc participa como parceira, e formam cidadãos. Esperamos poder, já em 2023, dar continuidade a essa parceria com ainda mais projetos sendo implementados”, disse.

O evento também teve a presença de diversos estudantes da rede pública de ensino do Amazonas, que receberam diploma de participação resultante de diversos programas realizados em parceria entre o TCE-AM e a Seduc.

Também foram diplomados servidores da Corte de Contas amazonenses que contribuíram de alguma forma com o ano letivo da ECP.

A cerimônia foi encerrada com uma sessão ecumênica de bênção feita por um pastor e um padre para os presentes. A bênção também foi realizada no Plenário da Corte de Contas amazonense, após a cerimônia de encerramento do ano letivo da ECP.

Leia também