Novos estagiários aprovados em Processo Seletivo iniciam processo de acolhida no TCE-AM

Os 95 estagiários aprovados pelo Processo Seletivo de Estágio (PSE-2022) do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) iniciaram, na manhã desta quinta-feira (12), a acolhida na Corte de Contas amazonense.

O período de cinco dias servirá como um treinamento para que os novos integrantes da casa conheçam os seus direitos e deveres como estagiários, além de conhecerem os diferentes setores e funções do Tribunal de Contas.

Ao dar as boas vindas aos novos estagiários, o presidente do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro, desejou uma boa experiência a todos e destacou que alguns dos hoje servidores da Corte de Contas já foram, no passado, estagiários.

“Os estagiários têm contribuído de forma muito importante com o funcionamento do Tribunal de Contas. Muitos dos atuais servidores do Tribunal foram estagiários no passado. Falo isso como um incentivo ao bom desempenho desses jovens, que têm agora a oportunidade de colocar em prática o que aprendem nas salas de aulas”, disse o conselheiro-presidente, Érico Desterro, ao também destacar valores tidos como fundamentais na Corte de Contas.

“Cada vez mais as instituições têm que ter certas preocupações como prioridade, como por exemplo a inibição a qualquer espécie de assédio, desde o evidente assédio sexual, até o moral, muitas vezes de difícil percepção. Isso é terminantemente inadmissível e não será tolerado dentro do TCE. Portanto, lhes convido a integrar essa nossa realidade, que busca ser para vocês uma casa íntegra, de bons relacionamentos, e desejo que a jornada de vocês seja bastante produtiva e, principalmente, que seja uma experiência agradável, senão, não valerá a pena”, concluiu o presidente do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro.

Também presente na acolhida aos estagiários, o procurador de contas Ruy Marcelo representou o Ministério Público de Contas (MPC) e também desejou uma excelente estadia aos novos estagiários.

“Que o estágio de vocês não seja apenas pela remuneração, mas sim pelo desempenho voltado para o seu próprio currículo. Aqui todos vão encontrar um campo prático para aprender bastante, principalmente sobre direito público, contabilidade, aspectos financeiros, entre outros. Estamos todos imbuídos para somarmos com a construção conjunta, pois é assim que fazemos a excelência da atuação da Corte de contas e do Ministério Público de Contas”, comentou o procurador de contas Ruy Marcelo Alencar de Mendonça.

Ainda durante a acolhida, representantes de outro setores da Corte de Contas também apresentaram suas atividades exercidas na casa, entre eles a Escola de Contas Públicas, responsável pelo Processo Seletivo que culminou com a contratação dos novos estagiários, representado pela diretora-geral Solange Ribeiro, que apresentou a equipe da ECP e as funções pedagógicas exercidas pela escola, além de setores como o Departamento de Planejamento (Deplan), Secretaria de Controle Externo (Secex), Diretoria de Assistência Militar, entre outros.

Conforme a chefe do Departamento de Gestão de Pessoas do TCE-AM (Degesp), Merisa Mendes, os estagiários devem, até esta sexta-feira (13), continuar o processo de acolhida, conhecendo presencialmente os setores da Corte de Contas e devem, já na segunda-feira (16), iniciar o processo de integração nos setores definidos para cada um dos aprovados.

Todos os aprovados terão direito a uma remuneração de R$ 1.286,59, além de auxílio-transporte no valor de R$ 215,68. O contrato é válido por 12 meses, podendo ser renovado por mais 12 meses, ou até a data em que os estudantes concluírem seus respectivos cursos superiores.

Leia também